NOTÍCIAS

COMO APLICAR A ABORDAGEM RESPONSIVA NO AUTISMO?
11/05/2018

COMO APLICAR A ABORDAGEM RESPONSIVA NO AUTISMO?

COMO APLICAR A ABORDAGEM RESPONSIVA NO AUTISMO?

Você professor, mãe, pai, psicólogo tem feito o uso desta abordagem altamente funcional com os pequenos autistas?

Sabemos que algumas pessoas com transtorno do espectro autista apresentam algumas dificuldades de comunicação, e pensando em atender estas necessidades o estilo responsivo de interação tem se tornado um grande aliado no processo de desenvolvimento destas crianças.

VOCÊ TEM INTERESSE EM SABER MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO?

Então participe do nosso III SIMPÓSIO DE AUTISMO onde iremos te apresentar temas como a ABORDAGEM RESPONSIVA, METODOLOGIAS E ESTRATÉGIAS DE APOIO PARA O TEA NO CONTEXTO ESCOLAR.

Potencialize o seu conhecimento e obtenha sucesso no desenvolvimento escolar do seu aluno TEA.

O DESENVOLVIMENTO DA COMUNICAÇÃO NO AUTISMO, ATRAVÉS DA ABORDAGEM RESPONSIVA E DE INTERAÇÃO

Muitas pessoas com autismo apresentam grandes dificuldades de comunicação. O estilo responsivo de interação tem como princípio responder aos sinais e comunicações da criança para atender aos seus interesses e necessidades.

Respondendo de forma imediata, positiva e intensa à maior parte das tentativas de comunicação da criança, demonstrando a função e o poder de sua comunicação, e a estimulando a se comunicar com maior frequência e qualidade.

Quanto mais motivada a criança estiver para interagir espontaneamente, maior será o seu envolvimento, participação e aprendizado.

A avaliação das habilidades atuais da criança identifica os próximos passos a serem trabalhados e estimulados (as metas educacionais), e as informações relativas aos atuais interesses, estilo de aprendizagem e preferências sensoriais da criança auxiliam a elaboração personalizada de atividades interativas motivacionais, interessantes e divertidas, que proporcionem a oportunidade da criança desenvolver suas habilidades.

Se a criança participa da atividade interativa apenas para ganhar no final um prêmio externo como, por exemplo, um chocolate, a motivação neste caso é extrínseca à atividade, externa, sem conexão direta com a atividade.

Se a criança participa da atividade interativa porque tanto o papel do adulto como o papel da criança nesta atividade são interessantes para ela, a motivação é intrínseca, diretamente ligada à atividade.

Quanto mais intrínseca for a motivação em uma atividade, mais tempo a criança tenderá a querer permanecer nela e maior a disponibilidade para superar seus desafios.

O elemento lúdico promove a flexibilização e expansão do pensamento, a curiosidade pelo novo, a criatividade e a expressividade, em um ambiente em que a criança se sente segura e confortável para explorar novas possibilidades, criar conexões, desenvolver novas habilidades. É o aprender brincando

DICA DE INTERAÇÃO EM SALA DE AULA

A criança com características do espectro do autismo apresenta dificuldades para interagir e se comunicar.

Na escola quando possível, reserve um tempo para ser especialmente responsivo à sua criança. E conte com a ajuda do apoio escolar.

Ao ser responsivo aos desejos e às iniciativas sociais da criança, sendo prestativo e respondendo positivamente ao que ela quer, você estará facilitando e encorajando mais interações com ela. 

Mostre claramente que as iniciativas sociais da criança são eficazes para conseguir sua ajuda. Quanto mais a criança interagir com você, mais ela aprenderá com você.

Com o tempo, em interações prazerosas e de confiança, você poderá ajudar seu aluno a comunicar-se de formas cada vez mais complexas e eficazes.

Conhecendo os interesses da criança, você também pode criar e sugerir atividades interativas que sejam interessantes para ela e que possibilitem mais interações e oportunidades para que as metas educacionais (aquilo que você gostaria de ajudá-la a aprender naquele momento) sejam trabalhadas.

As metas educacionais podem ser trabalhadas de forma divertida no decorrer da interação prazerosa.

BRINCADEIRA DO ESPELHAMENTO

No momento em que a criança não apresenta disponibilidade para interagir, ao invés de forçá-la a brincar conosco, podemos utilizar uma estratégia responsiva que crianças de desenvolvimento típico utilizam nos primeiros anos de vida: brincar em paralelo com as outras crianças. 

Quando brincamos em paralelo, observamos as ações da outra pessoa e espelhamos ou imitamos essas ações demonstrando nosso interesse no que a pessoa faz.

É uma forma não invasiva de aproximação. Aos poucos, a criança que está sendo espelhada pode passar a espontaneamente prestar atenção em nós interessada em nossa ação, o que leva ao desenvolvimento da habilidade de atenção compartilhada.

Ao sermos observados pela criança, podemos tentar expandir nossas ações oferecendo variações da ação imitada. E quem sabe conseguir até que a criança passe a nos imitar e a responder positivamente a desafios divertidos.

É IMPORTANTE SABER:

A imitação das atividades da criança pode estimular o desenvolvimento de habilidades sociais, como o aumento do contato visual, maior atenção compartilhada e interesse no adulto, maior habilidade para imitar o adulto, maior disponibilidade para aproximar-se fisicamente e brincar junto.

ATIVIDADE PARA TRABALHAR A INTERAÇÃO

Professor, é importante realizar atividades que visam o aprimoramento da coordenação motora, ampla e fina com as crianças autistas, sempre pensando em sua autonomia e independência.

·         Atividade de interação com livros: Utilize livros de histórias e peça ajuda à criança para descrever o que acontece nas imagens. Se a criança ainda não for capaz de responder verbalmente, você pode fazer perguntas e responder em seguida: ?Do que o menino está brincando?  ? De soltar pipa! ?, ?Quem está junto com ele? ? O cachorro e a tartaruga! ?.

  • Bola na cesta: Explore brincadeiras onde a criança precisa esperar sua vez. Jogar bola na cesta, por exemplo: ?Primeiro eu jogo ? agora é sua vez!?. Jogos com bola, amarelinha e jogo da memória são boas opções!

Inscreva-se AGORA e saiba mais através do link: https://goo.gl/eUP7X4

Potencialize o seu conhecimento e obtenha sucesso no desenvolvimento escolar do seu aluno TEA.

Para maiores informações solicite um atendimento personalizado via WhatsApp 43 ? 99660-0203

 

 

DESTAQUES